Candeias: Sargento Francisco apresenta o que fez e o que deixou para a cidade

148
Visualizações

Em entrevistas concedidas à Rádio Baiana FM, pela manhã, e a um Consórcio de Imprensa à noite, o ex-prefeito detalhou parte da administração de 2012 a 2016

O candidato a prefeito pelo Coligação “Por uma Candeias Mais Justa e Mais Humana”, Sargento Francisco, do PL, que tem como vice a professora Lindinalva Freitas, concedeu duas entrevistas na quinta-feira, às 8h, na Rádio Baiana FM 89,3, de Candeias, e, às 20h, ao Consórcio de Imprensa (formado pelo Madre Notícias, Jornalismo Cidadão, Resenha de Notícias e Rádio Vox, via rede social) quando com clareza apresentou a todos os que acompanharam (dezenas de milhares de eleitores e candeenses) o que fez e deixou de legado para a cidade. lembra que não governo apenas para 4 anos e 6 meses, mas sim para o futuro do povo de Candeias deixando para as próximas gerações obras na educação, na formação profissional, como o Senai, no esporte, na infraestrutura e no social.

Dificuldade

Francisco, do PL 22, destacou que encontrou a cidade, em 2012, no CAUC (o Serasa do cidadão), com sérios problemas administrativos e financeiros e não foram poucas as dificuldades que teve para superar e “limpar o nome de Candeias” na área econômico-financeira, diferente do atual que achou tudo no azul.

Porém, depois de muitos meses de idas e vindas a vários órgãos e com apoio de deputados estaduais e federais amigos de Candeias, resolveu o problema e pode realizar muito e deixar mais ainda para o futuro do povo candeense.

Educação

Informou que, além de construir a escola da Boca da Mata e na Fazenda Mamão, essa hoje abandada pela gestão, reformou todas as quase 70 unidades de ensino do município, deixou recursos e iniciada a obra da escola no Bairro do Sarandi, hoje com instalações físicas prontas, mas sem equipamentos nem material. Se não fosse a pandemia não saberia se teria condições de funcionar.

Francisco acrescentou que valorizou os profissionais de educação concedendo centenas de avanços na carreira, fez concurso para professores e outras áreas e concedeu todos os reajustes à categoria, assim como aos demais servidores, acima da inflação todos os 4 anos. Hoje, o servidor amarga perdas salariais em torno de 18%.

Saúde

Lembrou que deixou milhões de reais para aquisição de equipamentos para o hospital José Mario dos Santos (Ouro Negro), como ultrassom, raio X, um mamógrafo para a cidade e unidades de saúde, como também criou a Multiclínica com 17 especialidades médicas, no Posto Luiz Viana, e a Reab (Centro de Reabilitação Municipal).

Reconhece que foi uma falha fechar a emergência do Posto Luiz Viana, porém, garante que, por questões financeiras, foi obrigado a optar por uma das 3 emergências da cidade: hospital, UPA e Luiz Viana. Contudo, não perdeu uma unidade de saúde como a atual gestão, o primeiro prefeito-médico na história do Brasil a abandonar uma UPA, hoje desativada e destruída.

O CAPS-AD, na Nova Brasília, foi outra obra conquistada no governo passado, mas inaugurada agora. Assim como o Creas, da Pitanga.

Esporte

O Sargento Francisco destacou que deixou praticamente pronto o Ginásio de Esportes do Distrito da Caroba e também conseguiu recursos para reforma e gradeamento de 3 quadras esportivas na cidade, além de promover atividades recreativas, esportivas e físicas por meio da Secretaria de Esporte de Candeias.

Infraestrutura

Neste aspecto, lembra quantas obras hoje são realizadas com verbas parlamentares de deputados estaduais e federais deixaram para Candeias, como lembrou a hoje candidata a vice na chapa da situação, ex-líder do governo na gestão 2013 a 2016. “O Sargento Francisco deixou R$ 47 milhões em conta para obras em Candeias. Isso é pensar no povo e no futuro da cidade”, disse em outras palavras a ex-vereadora e ex-tetra-secretária.

Muitas ruas e avenidas hoje calçadas e asfaltadas, em Menino Jesus, Passagem dos Teixeira, Passé e sede, foram com recursos deixados pela gestão que terminou quem 2016. “Se não recebesse essas verbas, a atual gestão teria feito essas obras? Para a Avenida Wanderley de Araújo Pinho foi deixada a quantia de quase R$ 8,1 milhões, mas a incapacidade do maquiador deixou escapar quase a metade, assim como perdeu mais de R$ 1,8 milhão para a Praça Milton Bulcão, no Malembá.

O Projeto Minha Casa, Minha Vida, no Bairro da Areia, recentemente entregue a 380 famílias e que beneficia 100 pessoas, foi também de iniciativa da gestão passada.

Apoio político e do candeense

Francisco destacou claramente o grande apoio que tem recebido nas avenidas e ruas da sede e dos distritos com manifestações muitas vezes silenciosas pelo receio da perseguição política.

Lembra que formou a maior coligação de partidos com 7 agremiações (PL, Cidadania, Patriota, PCdoB, Podemos, Rede e Solidariedade) com mais de 100 candidatos a vereador e apoio de outras dezenas de candidatos de outras agremiações que o procuram todos os dias.

Percebe o crescimento da candidatura do PL (Francisco e Lindinalva) e que voltou para continuar tudo e refazer todas as obras maquiadas e de fachada com dinheiro público feitas (com verbas deixadas por gestões passadas) pela incapacidade administrativa e desrespeito dessa gestão com o candeense.

Fonte: Assessoria PL/Candeias

Add New Playlist